Seus investimentos demonstram suas maiores intenções

Qualquer pessoa em sã consciência não investiria na mentira, pois como diz o ditado a mentira tem perna curta, mas o que podemos ver em nossos dias são pessoas acreditando mas na mentira do que na verdade, uma prova disso é quando sabemos que estamos errados e continuamos querendo que o errado fique certo na educação de nossos filhos, no relacionamento marido e mulher, pais e filhos, avós e netos.

LEIA MAIS

EDIÇÃO 170 - SETEMBRO/OUTUBRO 2019

O ser humano tem uma grande capacidade de adaptação, mas o problema é quando essa adaptação acontece com a ganância, com a distorção dos valores.
Nossa sociedade tem sido influenciada pela tecnologia, não temos mais como voltar atrás, sem computadores, redes sociais, internet, mas junto com esses chamados avanços tecnológicos estamos perdendo valores, educação, saúde emocional e espiritual, fala-se muito em inteligência e vive pouco a sabedoria.

Judas um dos apóstolos de Jesus,  reflete muito de nossa sociedade hoje em dia, pois as maiores características de Judas como, a ganancia, o amor ao dinheiro, a traição, a troca da amizade pela egoísmo de pensar em si mesmo, se encontram em nossa sociedade formada por famílias que não sabem o que fazer com seus filhos, e seus relacionamentos, o foco é alcançar objetivos a qualquer custo, as pessoas querem só ganhar, e não sabem o que fazer com as frustrações, com o outro que é diferente, aprende diferente e é único. Mas o que leva Judas a escolher a ganância ao invés de ser feliz? Podemos começar entendendo a partir do conhecimento da palavra ganância: Ganância é a vontade de possuir tudo que se admira para o seu próprio prazer. É a vontade descontrolada de possuir algo. É um amor excessivo por dinheiro e poder, podendo levar as pessoas a se corromper e corromper terceiros, manipulação e engano são marcas da ganância, chegando até a exterminar barreiras ou pessoas que impedem o ganancioso de obter o que quer. Com essa definição conseguimos perceber o quanto Judas foi ganancioso, e o quanto a ganância pode deixar uma pessoa cega.

Outro ponto é o amor ao dinheiro do qual a Bíblia nos ensina que é a raiz de todos os males, Jesus nos disse que dinheiro é um deus, e como um deus exige adoração, requer seu coração e sua vida. Judas percebeu que o dinheiro não satisfaz, pois nada pode suprir seu estado depressivo depois de entregar Jesus. A grande pergunta que podemos fazer aqui é onde esta o seu coração??? Pois lá também estará o seu tesouro. O que significa o dinheiro para você? Sua resposta pode definir sua busca e sua vida.

A traição foi mais uma marca que Judas nos deixou, mas podemos perceber que a traição também se manifesta através de um “processo”, nada é da noite para o dia, Judas planejou, deu indícios, combinou, desprezou valores, e no auge de seu egoísmo traiu o mestre dos mestres com um ato de carinho, um simples beijo, o afeto malicioso e manipulador de quem só consegue ver os benefícios próprios, o foco é o ganho pessoal. Quando Judas percebe o mal que havia feito e as consequências da sua traição, jogou as moedas no pátio do templo e cometeu suicídio (Mt 26 e 27; Mc 14; Lc 22).

Só se colhe o que se planta disse o apóstolo Paulo, pois colher o que não se plantou é roubo ganância, mentira e engano.

Quanto vale a vida das pessoas que você mais ama, das pessoas que foram e são motivadores dos seus sonhos, seus referenciais? O quanto você está disposto a sacrificar pela sua fidelidade a eles? E a Deus? 

A ganância começa quando você permite sua emoções controlar sua vida, o apóstolo Paulo disse o bem que eu quero não faço mais o Mal esse sim faço, existe uma luta interna que só podemos vencer com as armas que Deus nos deu, e elas são poderosas para destruir FORTALEZAS que começam na mente, para te fazer vencer a ganância, a manipulação, a mentira e o engano.

Nem tudo que dá certo é certo, cuidado pois a visão de muitos é essa não importa os meios o que vale são os fins. Não cremos assim, pelo contrário quem anda com Jesus sabe legitimar os meios e os fins.

LUIZ HENRIQUE DE PAULA

Uma ideia divina
   
 Alcindo Almeida

Vencendo o ciclo vicioso do jeitinho

    Stelio Rega

 

Qual é a minha forma?
    Marcos Antonio Garcia

 

Corrupção e as finanças
 
   Paulo de Tarso

 

Seus investimentos demonstram suas maiores intenções
    
Luiz Henrique de Paula

 

A corrupção é combatida com a espada do Espírito
    Giovani Zimmermann

 

Como educar a nova geração
    Valéria Lima

Quando a corrupção atinge diretamente a família   

     Adriel de Sousa Lima

muros_jaimek.jpg

Um atoleiro na areia movediça

Como proteger os membros de nossa família? Como orientá-los para não terem a sensação de viverem “na corda bamba” ou sentirem-se desiludidos e frustrados com as injustiças que acontecem constantemente, ao ponto de levá-los a querer desistir?

 Jaime Kemp 

Vencendo o ciclo vicioso do jeitinho

O jeitinho é um código secreto para a obtenção de vantagens pessoais e evitar caminhos pelas quais não desejamos passar. Basta apenas que algo dê errado ou tarde em ser solucionado, para pensarmos em como "dar a volta" e, assim, abreviar seu desfecho.

Lourenço Stelio Rega

dandoumjeito_lourenco.jpg
  • Twitter Clean
  • w-facebook