• Paulo de Tarso

A corrupção e as finanças


Muitas pessoas acham que a corrupção só acontece quando se dá ou quando se recebe dinheiro de forma indevida, a famosa propina. Mas se você deseja ter um relacionamento de intimidade com Deus em suas finanças, eu vou indicar um caminho maravilhoso através do qual você não apenas vai evitar o caminho da corrupção, mas vai poder fazer a coisa certa na administração do seu dinheiro.

1. Trabalhe com excelência

Pense bem! Se você trabalha apenas pelo dinheiro, que bem há nisso?

E a melhor forma de se evitar essa corrupção em seu trabalho é trabalhando com excelência e fazendo sempre o melhor para Deus. “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo.” (Colossenses 3.23-24)

2. Seja uma pessoa generosa

Quando pensamos apenas em nossas necessidades e não nas outras pessoas, abrimos o caminho para a corrupção em uma das áreas mais excelentes das nossas finanças, que é a generosidade. Coloque a generosidade no topo de suas ações com o dinheiro. ”Em tudo o que fiz, mostrei a vocês que mediante trabalho árduo devemos ajudar os fracos, lembrando as palavras do próprio Senhor Jesus, que disse: ‘Há maior felicidade em dar do que em receber’”. (Atos 20.35)

3. Faça suas reservas financeiras

Fique fora da corrupção de gastar tudo o que tem. Faça como Salomão orientou e comece a criar suas próprias reservas financeiras para atender às necessidades de curto, médio e longo prazos. Na casa do sábio há comida e azeite armazenados, mas o tolo devora tudo o que pode. (Provérbios 21.20)

4. Evite o endividamento

Quando você sempre pensa no endividamento como um caminho natural para adquirir bens e serviços, as coisas começam a andar mal e isso acaba corrompendo sua vida financeira gerando pressão por todos os lados. “O rico domina sobre o pobre; quem toma emprestado é escravo de quem empresta.”. (Provérbios 22.7)

5. Faça um planejamento financeiro

Você evita a corrupção de suas finanças ao adotar um planejamento adequado do seu dinheiro. Procure ter contentamento, qualquer que seja a sua renda. “Pois aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância. Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade. Tudo posso naquele que me fortalece.” (Filipenses 4.11-12)

#Planejamento #FinançasemFamília #Finanças

2 visualizações0 comentário
  • Twitter Clean
  • w-facebook