• Jaime Kemp

Aprendendo a perdoar

Um dos sinônimos da palavra perdão é absolvição, e ela é utilizada em tribunais, quando um réu, após julgamento, é posto em liberdade.


Em termos bíblicos, perdão também é o cancelamento voluntário de uma dívida. A implicação é que o pecado acarreta um débito que nec

essita de perdão. Quanto maior for a consciência da dimensão do pecado, maior será o amor pelo que concede perdão.


A grande maioria das pessoas já sentiu o clima de tensão decorrente de um desentendimento. O ar fica carregado, denso, chegando a pesar sobre as pessoas. Mesmo que o ocorrido não tenha sido algo grave, drástico, exige confrontação, arrependimento e perdão.


A restauração do relacionamento humano exemplifica a experiência maravilhosa da alegria do pecador arrependido que se entrega ao Senhor, pois quando ocorre uma restauração entre pessoas é possível experimentar a alegria que Deus sente ao receber um pecador arrependido. Afinal de contas, Ele tem um enorme prazer em perdoar!


Se olharmos o Evangelho, veremos que ele é o perdão que conduz à reconciliação, à restauração de um relacionamento quebrado entre Deus e o homem. Estávamos alienados do Senhor, vivendo em oposição à sua vontade, mas fomos trazidos para perto dele para desfrutar de um relacionamento restaurado (Colossenses 2.12-19; Romanos 5.8-11).


Vamos, então, ver nesta edição as duas fases do perdão: a vertical – com Deus – e a horizontal – com o próximo, e ambas devem seguir as mesmas diretrizes de relacionamento.


Que a real compreensão do perdão leve à ação e... à comunhão!


De coração,

#Perdão #Prainiciodecomversa

11 visualizações0 comentário
  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now