O que fazer com a carência sexual sendo solteiro(a)?



Em nossos dias, há muitos homens e mulheres necessitados de sanar sua carência emocional. As pessoas vivem mais a solidão nos tempos atuais por causa da dinâmica da tecnologia. Falam-se mais nas redes sociais do que pessoalmente. Vemos claramente que os jovens solteiros sofrem a carência emocional e pelo processo normal dos hormônios também precisam administrar a carência sexual. As pessoas que não conhecem a Deus podem até resolver facilmente essas carências pagando alguém para conversar e também para satisfazer sua carência sexual. Essa tem sido uma forma de algumas pessoas suprirem a solidão que atinge a sua alma, porque não aguentam viver a solidão nas emoções e também na sua sexualidade, porque querem o suprimento das suas carências para não continuarem sozinhas. E quanto aos homens e mulheres que andam com Deus? O que fazer? Como andar de maneira pura, correta e séria respeitando o Shalom divino? Sabemos que não é pecado ter desejos. Aliás, há uma falácia nos ensinos na área da sexualidade em alguns movimentos. Deus nos criou com desejos. É muito bom desejar um casamento no futuro e esperar para desfrutar de algo que Deus traçou com amor e graça. Quando o texto de Gênesis diz que devemos crescer e multiplicar, não é somente para observar a procriação. Há prazer na união do homem com a sua mulher. Ambos se tornam um quando se encontram na intimidade diante de Deus. Refletimos a intimidade e comunhão que há na Trindade quando temos o prazer de desfrutar da sexualidade sadia na presença da Trindade. O grande problema é que esse processo foi banalizado pela mancha do pecado na criação. O ser humano procura o sexo para realização de uma necessidade e não por amor. Então o homem procura a prostituta para a satisfação dos desejos do corpo e não para se expressar como ser criado por Deus, que também o exalta na sexualidade, refletindo-o como imagem e semelhança. Qual é a problemática para o rapaz e a moça que andam com Deus? É que eles fazem parte de uma sociedade descartável, que não valoriza os princípios das Sagradas Escrituras. Elas dizem: “Porque esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus; e que, nesta matéria, ninguém ofenda nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador, porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação” (1 Tessalonicenses 4.3-7). A vontade de Deus para a moça e o rapaz que andam com Deus é a santidade na área sexual. O desejo divino é que guardem seu corpo para o dia do casamento. Possuir o corpo em santificação e honra é respeitar o Shalom divino na pureza e vida santa até o dia da união, quando os dois recebem a bênção da Trindade para cultivar a vida de casal. A dica é que se afastem dos desejos do corpo. Temos esses desejos, isso é fato, mas a necessidade é de controlar os desejos para não ofender a santidade na vida. Os jovens devem seguir a pureza nessa área controlando-se da maneira correta. Em Gálatas, Paulo fala do fruto do Espírito Santo, e um deles é o domínio próprio. Eu sei que hoje é muito complicado se guardar virgem e em santidade num namoro cristão, mas não é impossível. Acredito que Deus dá graça para respeitar a outra pessoa até o dia do casamento. Isso por amor ao Eterno Deus. Você que é solteiro(a) deve estar se perguntando: como farei isso? Acredito que se envolvendo com uma espiritualidade honesta e sadia. Viva na presença de Deus com integridade. Viva em oração. Coloque o coração realmente na presença do Senhor e peça para Ele fortalecê-lo(a) na jornada. Busque uma vida comprometida com o Reino de Deus. Envolva-se com os amigos e orem juntos pedindo ao Senhor para guardar a vida de vocês da impureza e da vida sem santidade. Busque o trabalho de mentoria espiritual. A ideia é de um cuidar do outro em amizade, companheirismo e oração. Não conseguimos andar sozinhos no meio das lutas e tentações na área da sexualidade. Como é precioso termos grupos de adolescentes e jovens que pensam juntos, que cantam e conversam, que se sentam à mesa para dividir as dores, alegrias e dificuldades da vida. O apóstolo João diz que os jovens conhecem a Deus, por isso vencem o maligno. Portanto, há vitória para aqueles que também são novos na experiência de vida. O apóstolo sabe muito bem que os jovens são dotados de força e vigor e, geralmente, concentram suas forças nas atrações e paixões do mundo. Contudo, por meio da relação com Deus os jovens poderão vencer as astúcias do maligno, aquelas que tentam fazer com que eles se desviem da santidade e pureza sexual. Os jovens cristãos são vitoriosos porque obtiveram o perdão dos pecados pelo nome de Jesus. O Senhor deles venceu o mundo cumprindo a vontade do Pai, fazendo tudo o que a lei e os profetas dispunham a seu respeito, enfrentando a morte na cruz do Calvário (João 16.33). Então, quando alguém disser: “Não consigo vencer as carências sexuais”, consegue sim! Não pelas próprias forças, mas pela graça divina atuando nele. Todos podem se guardar na presença de Deus para desfrutar de uma sexualidade sadia, prazerosa e linda depois da união do casamento. Essa ideia não é uma ilusão, ela é real! Eu e a minha esposa Erika passamos por isso. Fomos para o casamento de maneira pura, santa e pudemos desfrutar de um tempo bem novo e precioso na nossa sexualidade. Jovens, lutem na área da carência sexual dependendo sempre da graça de Deus. Peçam a Ele para dar forças para resistirem às tentações e lutas, para terem o grande privilégio de irem para um casamento puros e santos! Que o Eterno Deus os ajude nessa área, em nome de Jesus!

#Solteiroa

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now