• Admin

São necessários dois...



É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas. Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se! E se dois dormirem juntos, vão manter-se aquecidos. Como, porém, manter-se aquecido sozinho? (Eclesiastes 4.9-11 – NVI)

Assim, há muitos membros, mas um só corpo. O olho não pode dizer à mão: “Não preciso de você!” Nem a cabeça pode dizer aos pés: “Não preciso de vocês!” Ao contrário, os membros do corpo que parecem mais fracos são indispensáveis, e os membros que pensamos serem menos honrosos, tratamos com especial honra. E os membros que em nós são indecorosos são tratados com decoro especial, enquanto os que em nós são decorosos não precisam ser tratados de maneira especial. Mas Deus estruturou o corpo dando maior honra aos membros que dela tinham falta, a fim de que não haja divisão no corpo, mas, sim, que todos os membros tenham igual cuidado uns pelos outros. (1 Coríntios 12.20-25 – NVI)

... todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresce e edifica-se a si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função. (Efésios 4.16 – NVI)

Os tempos mudaram, e o perfil das famílias também. Sabemos, e isso já foi discutido à exaustão, que marido e mulher precisam trabalhar para que tenham uma renda minimamente compatível com os gastos familiares. Ambos precisam estudar, se especializar em suas profissões e, portanto, gastarão muito do seu tempo fora de casa. Para que as tarefas não se acumulem precisaremos definir o que cada um fará, e ainda precisaremos definir de maneira ainda mais clara os PAPÉIS que cada um deve ocupar dentro da relação familiar. São temas que precisarão ser conversados e acordados, ainda antes do casamento, se possível, para que as expectativas equivocadas não gerem frustração, minando a força e a união do casal. Lá em casa, sou eu quem passa o aspirador e lava a louça? Eu vou ao mercado e você vai à feira? Quem vai cozinhar? O que você fará na nossa casa? Enfim, quem fará o quê? Essa é uma pergunta que todo casal deve responder. Em minha opinião, os talentos e habilidades de cada pessoa devem ser considerados. Uma pessoa poderia ser mais qualificada do que a outra para certas tarefas. Por que não empregar o talento de cada um na área em que apresenta mais facilidade? Isso não significa que, uma vez que uma pessoa aceita uma responsabilidade, a outra nunca mais se oferecerá para ajudá-la naquela tarefa. O amor busca ajudar e frequentemente o fará. Em Eclesiastes, o rei Salomão escreve claramente sobre o valor do trabalho em equipe. Como casal, podemos realizar mais juntos do que poderíamos fazer como indivíduos, porque estamos presentes para ajudar um ao outro. As Escrituras não nos dizem exatamente quem deverá fazer o que em termos de tarefas domésticas, mas elas nos incentivam a estar de acordo em tudo que fazemos. O profeta Amós perguntou certa vez: “Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo?” (3.3). A resposta é: “Não chegarão muito longe, nem caminharão muito bem”. Quero incentivar você a continuar negociando até que ambos se sintam bem em relação a quem vai fazer o que dentro de casa. Quanto aos papéis que cada um deve ocupar na dinâmica familiar, a Bíblia já é mais específica. Existe uma ordem preestabelecida que favorece o funcionamento harmonioso de uma casa: “O marido é o líder, a esposa coopera e os filhos obedecem”! “Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o cabeça de todo homem, e o homem, o cabeça da mulher, e Deus, o cabeça de Cristo”. 1 Coríntios 11.3 “Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea.” Gênesis 2.18 “Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo.” Efésios 6.1 Você consegue perceber a lógica de seguir as orientações específicas fornecidas pela sabedoria bíblica, as coisas funcionam em harmonia, debaixo de um princípio de autoridade. Não há espaço para erro, porque o método de quem teve a ideia de criar a família – no caso, DEUS – será sempre o melhor. Podemos notar o caos instaurado em nossa sociedade moderna, justamente em função de uma indefinição não apenas das tarefas diárias, que deixam as mulheres sobrecarregadas e estressadas, com uma imensa sobrecarga de trabalho dentro e fora do lar, mas, sobretudo, pelo abandono da definição clara dos papéis que norteiam as relações familiares e consequentemente estabelecem padrões de comportamento disfuncionais. Se você quer ter uma família saudável e harmoniosa, com uma relação de respeito e ajuda mútua, pare para refletir nesses princípios e ideias estabelecidos desde a fundação do mundo pelo Criador, aquele que tem tudo projetado desde o início, aquele que sabe como as coisas devem funcionar, aquele que tem todas as respostas para o comportamento humano. Sintonize e organize sua vida familiar de acordo com as ideias originais d’Ele, e sua casa estará bem segura e estruturada.

#Adoraçãoemfamília

  • Twitter Clean
  • w-facebook