• Admin

De quem é a responsabilidade de ensinar as verdades bíblicas?



Muitos pais veem o pastor e os professores da escola bíblica como responsáveis pelo ensino e formação da Palavra de Deus no coração de seus filhos e os verdadeiros líderes que trarão mudanças significativas no caráter e na alma dos meninos e meninas. Ledo engano. Os filhos precisam ouvir os pais falando sobre a Bíblia, porque ela é alimento para todos nós (Mateus 4.4; 1 Pedro 2.2), instrução para a vida (Josué 1.8; 2 Timóteo 3.16-17; Salmos 119.105) e um deleite para aqueles que amam a Deus (Salmos 1.2; 119.18). Se cremos de fato nisso, por que esperamos que os pastores e professores de nossas igrejas assumam isoladamente a responsabilidade pelo ensino de nossos filhos? O que fazer então para melhorar esse quadro?

1. Esforço conjunto. Quando pastores, professores e pais ensinam a Palavra de Deus para os filhos, a eficiência é multiplicada. Todavia, não raras vezes, os pais, principais formadores e influenciadores na vida das crianças, adolescentes e jovens, ensinam, moldam e aplicam coisas diferentes. A eficácia no ensino da Bíblia somente poderá ser vivenciada quando a igreja e a família estiverem alinhadas e concentradas na real necessidade deles: conhecer a Jesus Cristo. Os pais precisam saber o que está acontecendo com os seus filhos. Qual a lição que eles estão estudando aos domingos? Eles têm entendido a pregação do pastor? Estão aprendendo tudo o que leem e/ou ouvem da Bíblia? Procure estudar a lição do seu filho e certifique-se de que você também está lendo a Palavra de Deus.

2. Use melhor o tempo que você passa com seu filho para falar da Bíblia. Não desperdice esse tempo. A igreja fica algumas poucas horas por ano com seu filho, e você fica a maior parte do tempo com ele. Os pais são os principais influenciadores na vida dos filhos. Ainda que todas as distrações do mundo (videogame, televisão, filmes, internet, etc.) pareçam gigantes influentes, elas não podem exercer maior influência que você na vida do seu filho.

3. Seja criativo e sempre procure encontrar formas de trazer Deus e sua Palavra em conversas do dia a dia. Andando com ele, sentado, no carro, na praia, no shopping, na praça. Use e aplique a Palavra para o seu filho (Deuteronômio 6). Os exemplos são as melhores formas de ministração. O pai precisa ensinar e caminhar na fé com seu filho. Se o pai não tem tempo para ler a Bíblia e falar sobre Cristo com seu filho, este perde o mais importante formador de opinião.

Cooperação no Reino é algo muito importante. Pais e mestres precisam cooperar uns com os outros no ensino do evangelho para os filhos. Essa parceria faz toda a diferença.

#Bíblia #Influência #Espiritualidade

  • Twitter Clean
  • w-facebook