Diversão e prazer contribuem para a unidade emocional, conjugal e familiar!



O casal precisa de tempo programado para estar a sós e se divertir e, num passo adiante, separar tempo para a diversão com os filhos. Mas, infelizmente, muitos casais não conseguem pensar no divertimento e lazer a sós, usando escusas honrosas, como a importância dos filhos, e esbarram em absurdos como a necessidade de estar todo o tempo com as crianças. Outras desculpas, simplesmente absurdas, mostram que o casal não se dá bem e tem receio de ficar sozinho por muito tempo.

Divertimento e lazer estão relacionados à importância dada pela família ao estar juntos, e dependendo do que aprendemos a respeito de dar valor ou não para a saúde emocional, psicológica e afetiva da família, valorizamos esse tempo de vital importância para manter a unidade e felicidade do casal. Quem já cultivou esse tempo sabe que vale a pena se divertir, ter atividades comuns ou somente desfrutar do momento de estar juntos e já percebeu como esse é um aspecto imprescindível para a felicidade.

É preciso ter tempo para namorar, sorrir, gargalhar juntos, sair sem dinheiro, de mãos dadas numa tarde ou noite qualquer, com vontade de viver a vida juntos, relembrar momentos importantes, surpreender um ao outro com perguntas sem graça, ir ao cinema, fazer um lanche, ficar em casa ou combinar um jantar romântico, deixar os filhos com o vizinho ou amigos e planejar uma noite a sós sem pressa, cheia de declarações de afeto e carinho. O lazer diminui tensões, favorece aquelas conversas que ficaram pela metade e ajuda a descobrir novidades no comportamento do outro e a oportunizar momentos de felicidade entre o casal.

Casais que não se divertem a sós fogem um do outro. Possuem medo de revelar sua identidade e não se admiram mais. É um sinal de que descuidaram da coisa boa que é admirar um ao outro e precisam conversar sobre isso urgentemente.

Para auxiliar esses pontos, seguem algumas perguntas: já conversamos sobre a importância de estarmos a sós? Possuímos dificuldades de ter um tempo só nosso? Podemos conversar sobre isso? Reservar um tempo para curtir quem você ama é uma forma de cultivar o romantismo e a intimidade.

Quando encontramos alguém que amamos, queremos ficar juntos sempre, a paixão e o amor parece que nunca vão terminar. Mas a verdade é que, com a rotina, as preocupações e as novas prioridades da vida familiar, os sentimentos que antes uniam o casal podem ficar em segundo plano. E os namorados, que hoje estão casados e, às vezes, até com filhos, se esquecem de que precisam de um tempo a sós, para desfrutar do relacionamento a dois. Tente incluir mais momentos desse tipo na sua rotina. Você vai sentir a diferença!

#Casamento

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now