Exigência ou excelência



As exigências de nossos dias tornaram-se um dos maiores inimigos das famílias, pois as frases que mais ouvimos são: estou ocupado, não tenho tempo, estou cheio de coisas por fazer, minha cabeça está cheia, não consigo pensar em mais nada, tudo isso por causa do estilo de vida que escolhemos ter.

Nossos passeios passaram de momentos para exercitarmos e ensinarmos uma vida com excelência para momentos de estresse, desgaste e cobranças por causa da exigência da vida pós-moderna, da mudança na comunicação por meio das redes sociais, dos transtornos emocionais, espirituais e sexuais.

Como viver na graça de uma vida cheia de excelência, experimentando momentos de romantismo, tendo de, paralelamente, equilibrar as exigências da vida?

Muitos, por serem criados em um ambiente hostil, acabam tendo reações violentas; outros, por adquirirem uma visão de que para ser amado é necessário fazer ameaças e ser agressivo, acabam sucumbindo em suas relações e destruindo aquele que seria “o grande dia do passeio”.

Podemos chamar essas atitudes de “a síndrome de Jefté” (Juízes 11, 12), que foi filho de uma prostituta e seus meios-irmãos o abandonaram, não dando a ele o direito de herança. Jefté “foge”, sintoma da síndrome, e se junta a homens levianos e desacreditados quanto a sua vida e caráter.

Quando seu povo está em apuros, os anciãos precisam chamar Jefté para salvá-los dos filhos de Amom. Jefté reclama de sua situação de abandono e aceita lutar para ser chefe, mas reage sem entendimento e faz um voto a Deus dando sua filha para ser sacrificada, o que Deus nunca aceitaria. Deus lhe dá a vitória, e ele quer entregar sua filha como sacrifício, no melhor momento da vida dela, quando surgem as oportunidades de construir relacionamentos. Jefté joga tudo fora, começando sempre dentro de sua família.

Olhe para sua história e reconsidere-a. Não busque culpados nem seja um(a) reacionário(a) contra aqueles que o(a) amam e lhe dão oportunidades. Ao contrário, peça ajuda a Deus e a pessoas certas que podem fazer você se livrar de uma vida de exigências e ter uma vida de excelência.

Antes de reagir com violência, lembre-se de que as pessoas não merecem um familiar estressado ou alguém cheio de exigências internas, mas merecem uma pessoa cheia de Deus que viva a excelência de cada dia que Ele nos deu. “Este é o dia que fez o Senhor; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele” (Salmos 118.24).

#Graça

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now