A graça diz: eu vou contar aos outros seus pontos fortes e não superestimar seus pontos fracos



Será que existe um “príncipe encantado” ou uma “mulher maravilha” esperando para se casar? Infelizmente, muitos estão procurando exatamente isto: o cônjuge perfeito.

Não existe uma pessoa perfeita e pronta para se casar. As expectativas falsas provenientes dos filmes de Hollywood acerca do companheiro ideal podem trazer consequências desastrosas ao matrimônio, o que podemos chamar de idealização; imaginamos a pessoa perfeita, acreditamos que ela nos fará o ser mais feliz da Terra e depois percebemos que não é bem assim. O que fazer nessa situação? Clamar pela graça de Deus!

A graça ajuda a ver que nenhum de nós é perfeito. Todos estão na Escola do Espírito Santo sendo treinados e aperfeiçoados por Ele. É Ele que, sabiamente, aponta com amor onde podemos e devemos melhorar.

Alguns acham que criticar seu cônjuge o tempo todo trará alguma melhora. A história diz que não! O pior é que alguns fazem isso publicamente, trazendo constrangimento ao próprio casal.

Certa mulher, ao não suportar a maneira que seu marido se portava à mesa, sugeriu a ele que cada um escrevesse o que lhes incomodava sobre o outro, para posteriormente discutirem o assunto. Ela apontou todo seu rancor por algumas coisas que não tolerava em seu marido. Ele, por sua vez, se limitou a afirmar que não conseguia pensar em nada irritante sobre ela. Ele manifestou a graça de Deus e o seu amor por sua esposa. Ela chorou ao perceber que tinha deixado coisas mesquinhas incomodá-la, o que poderia ter consequências terríveis.

Muitos cônjuges são inseguros e tristes porque são alvos de críticas ou de palavras de reprovação. Infelizmente, alguns fazem sérias críticas ao cônjuge publicamente e depois, ao perceberem o dano causado, pedem desculpas alegando que foi só uma brincadeirinha. Temos de ficar atentos a essas “brincadeirinhas”, pois elas podem gerar um prejuízo emocional ao outro.

A graça nos ajuda a enxergar os pontos positivos do nosso cônjuge e torná-los públicos. Devemos reconhecer que se Deus nos deu a pessoa amada, ela é o melhor para nós. Podemos e devemos falar aos outros quão maravilhoso foi o Senhor aos nos dar essa pessoa tão linda e especial. Quando elogiamos nosso cônjuge publicamente, estamos também declarando o quanto Deus é bom!

Em sua carta aos coríntios, Paulo declara, no capítulo 13, que quem ama nunca desiste, porém tudo suporta com fé, esperança e paciência. O que falamos aos outros a respeito de nosso cônjuge revela, em grande parte, o que realmente sentimos por ele. Pessoas que verdadeiramente amam sempre verão e falarão aos outros os pontos fortes da pessoa amada. Podemos chamar isso de Manifestação da Graça.

Muito do sucesso do nosso lar será proporcional ao hábito de falar bem do outro. Elogie sempre, isso faz toda a diferença!

#Graça

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now