Respeitando os dons um do outro



Quando Deus criou a humanidade, fez tanto o homem quanto a mulher à sua imagem e semelhança (Gênesis 1.27). Quando Jesus morreu para salvar o pecador, sua graça abrangeu o homem e a mulher (Gálatas 3.28). Por fim, quando Ele distribuiu dons aos seus servos, fez tanto ao homem como à mulher (Efésios 4.8).

A cumplicidade, o companheirismo e a participação nesses três aspectos da humanidade entre o macho e a fêmea devem sempre ser respeitados e usufruídos em amor, respeito e consideração (1 Coríntios 11.11-12).

Sendo assim, é importante ressaltar que individualmente, na família e no corpo de Cristo um casal tem dons e deve usá-los para o bem de todos ao seu redor.

Como casal, devem dispor os seus dons para o crescimento espiritual e amadurecimento eclesiástico individual, devem doar seus dons para o bem do seu casamento e devem consagrar seus dons para o bem da igreja de Cristo Jesus.

Essa dinâmica de uso e desfrute dos dons entre um casal deve contemplar da parte de ambos a motivação ao desenvolvimento dos dons, facilitação à prática e exercício dos dons e deve promover o reconhecimento e respeito desses dons. Maridos e esposas devem se apoiar em todo tempo nessa dinâmica do exercício e da aplicabilidade dos dons que receberam de Cristo Jesus (1 Coríntios 14.12).

Entre os muitos exemplos bíblicos que encontramos desse apoio e auxílio mútuo dos dons entre um casal, num ambiente familiar, ressaltamos a história de Áquila e Priscila (Atos 18.1-4, 26; Romanos 16.3). Esse casal é o modelo de colaboração e assessoria dos seus dons a serviço de Cristo, visto no auxílio do missionário Paulo, no aprimoramento e ensino do pregador Apolo e na cooperação do evangelho à igreja de Cristo.

Dessa forma, é importante salientar que, ao nos fazer casais, Deus, em sua sabedoria e glória, não somente proveu a nós a cumplicidade física e emocional tão bela e necessária como também nos proveu, por meio de sua graça abundante, a possibilidade do apoio e auxílio mútuo conjugal no uso, desenvolvimento e utilidade de nossos dons vividos e exercitados como casal.

Que o Senhor de nossos dons nos abençoe e nos dirija, como casais, a nos apoiarmos e nos auxiliarmos no desfrute dos mais belos resultados e conquistas do uso de nossos dons para a sua honra e glória.

“Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo” (1 Coríntios 12.4).

#Relacionamento #Personalidade #Respeito #Comunicação

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now