Dois sapatos diferentes também combinam



Vou contar a vocês algo divertido que aconteceu certa vez com o meu marido. Sei que ele não ficará aborrecido por isso.

Jaime estava ministrando um de seus cursos de fim de semana em determinada igreja. Todos os dias, o pastor e sua esposa sentavam na primeira fila do auditório, mas continuamente desviavam o olhar para a parede e disfarçavam o riso. No domingo, último dia, o Jaime estava muito curioso e intrigado com a atitude dos dois e, finalmente, perguntou a eles:

“O que acontece de tão engraçado para vocês rirem tanto?”. Eles responderam: “Pastor, desde sexta-feira o senhor está usando dois sapatos diferentes!”.

As pessoas costumam dizer que o ministério Vencedores Por Cristo é como uma loja de sapatos: os jovens sempre saem aos pares (mesmo sendo proibido namorar durante a participação nas equipes). Quando duas pessoas se casam, elas acham que formam o “par perfeito”, mas logo, assim como os sapatos do Jaime, precisam reconhecer que são bem diferentes.

Há diferenças pelo fato de um ser homem e a outra mulher. Há diferenças de cultura, às vezes até de nacionalidade. Os costumes de cada família são bem diferentes e, quando duas famílias se unem, logo se percebe que será necessário fazer alguns ajustes.

Há também diferenças de personalidade. Anos atrás, Tim e Beverly LaHaye escreveram uma série de livros sobre temperamentos. Eles ressaltaram quatro:

O melancólico É uma pessoa naturalmente triste, sombria e pessimista, sempre voltada para si mesma e muito exigente consigo mesma. Porém, muitos atores, músicos, escritores e pensadores geniais e profundos foram e são melancólicos. O que faríamos sem eles?

O fleumático É alguém introvertido, tranquilo, de fácil relacionamento, manso e bem equilibrado, mas também inclinado à teimosia, passividade e indecisão.

O colérico É extrovertido, ativo, autoconfiante, um bom líder, mas tem o “pavio curto”, estoura facilmente e é obstinado. Ele tende a dominar o grupo e às vezes não demonstra muita compaixão.

O sanguíneo É uma pessoa alegre, calorosa, que gosta de apreciar a vida. Fala bastante e sabe narrar histórias. Sua conversa é contagiante. Do lado negativo, ele é impetuoso, emocionalmente imprevisível, desorganizado, sem muita autodisciplina.

Se, como dizem, os opostos se atraem, é positivo ter temperamentos diferentes no casamento. Talvez o casamento de dois sanguíneos venha a ser uma desorganização total, mas, em compensação, seu lar será bem alegre.

Meu marido é colérico e eu sou melancólica, porém através dos anos percebo mais e mais características dele em mim. Fiquei mais extrovertida, estou falando mais. Como Ruth Graham, esposa do Rev. Billy Graham, gostava de dizer: “Quando duas pessoas são bem iguais, uma delas é desnecessária!”.

Por outro lado, não podemos utilizar as características negativas da nossa personalidade como desculpa para pecar. O melancólico, por exemplo, precisa lembrar-se de que a Bíblia diz: “Não estejais inquietos por coisa alguma...” (Filipenses 4.6). O colérico tem de aprender a controlar sua ira. As nossas personalidades devem ser controladas pelo Espírito Santo.

Graças a Deus, eu e meu marido conhecemos Jesus como Salvador e, portanto, temos muita coisa em comum: a mesma fé, o mesmo Espírito, os mesmos objetivos. Somos um no Senhor.

Que Deus nos ajude a celebrar as diferenças e trabalhar para reconhecer e procurar eliminar o que há de negativo em nosso tipo de personalidade e, ao mesmo tempo, valorizar e acentuar o que há de positivo.

#Relacionamento #Personalidade #Comunicação

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now