Trazendo meu esposo para Cristo



Acredito que a pergunta ideal seria: “Como faço para não perder meu marido para o mundo?”. Penso que é quase impossível que uma mulher que serve a Cristo corretamente, com todo seu coração e sua alma, não ganhe seu marido para Cristo, bem como toda sua família, pois uma pessoa que não conhece a Deus, mas convive com outra que anda ao lado d’Ele, é atraída pela graça que é exalada dela e por ela é conquistada para Cristo.

O ponto-chave da questão então é o VIVER para Cristo de forma adequada. Não é difícil observar mulheres que não levam o evangelho de forma adequada, com temor a Deus. Viver para Cristo e exalar seu bom perfume requerem um pouco mais de esforço; não é para os carnais, e sim para aqueles que querem alcançar a maturidade e a estatura da fé. E isso não está ligado ao tempo de conversão, mas ao seu envolvimento real com Deus, seu relacionamento com Ele.

Tenho uma amiga que se converteu antes do seu noivo. Ela compreendeu o propósito de ganhá-lo para Cristo antes mesmo de se casar, por isso passou a buscar a Deus e a praticar as verdades da Palavra. Ela ia aos cultos e sempre o convidava, mas ele não a acompanhava. Mesmo assim, continuava orando por ele. Até que chegou um tempo em que ele passou por algumas frustrações em sua vida particular e num domingo de culto “se convidou” para ir com ela. Depois daquele dia, ela começou a colher os frutos de sua busca: ele se converteu, ambos se batizaram e se casaram. Hoje, eles têm dois filhos, apoiam o ministério de família da sua comunidade e, principalmente, são um exemplo de família para muitos outros casais.

O texto em 1 Pedro 3.1-6 ensina como as mulheres podem proceder para obter essa conquista em Deus:

Sujeitar-se ao seu marido – permita-se ser liderada por ele. A Bíblia nos ensina sobre o princípio da autoridade, que todos estamos sujeitos a ela. Deus deixou o marido para ser o líder da mulher, e Cristo é o cabeça do homem. Mantenha-se debaixo da liderança de seu marido, e isso se transformará em bênção na sua vida. Aguarde em Deus.

Usar as palavras adequadamente – ninguém suporta alguém que fala em seu ouvido sem parar! A Bíblia nos orienta a ganhar o marido sem palavras, sem sermões, sem acusações, sem maldições. Que sua boca seja fonte de vida, de bênçãos e de declarações de salvação. Suas ações valem mais que muitas palavras.

Viver de forma honesta e respeitosa – que ninguém fale nada contra você. Seja conhecida como trabalhadeira, fiel, que ame estar com sua família, discreta, zelosa, econômica, de boa aparência, entre tantas outras virtudes.

Arrumar-se sem exagero – pinte seu cabelo, arrume suas unhas e sobrancelhas, compre uma joia nova, mas faça tudo isso de forma moderada. Se precisar perder peso, faça algo por isso, você é capaz. Procure ajuda médica, uma academia, aquilo que for melhor. Porém, muitas mulheres gastam tempo e dinheiro demais com essas coisas. A Bíblia ensina que o que não é correto é dar mais valor à beleza exterior do que à interior. A vaidade extrema é pecado. Mais tempo para a beleza do que para Deus é pecado. Vigie nisso!

Ter um espírito dócil e tranquilo, uma beleza interior – Deus dá valor à mulher que busca essas qualidades. Ele a abençoa e prospera suas orações. Não nascemos assim, mas o Espírito Santo é poderoso para nos transformar. Permita-se ser moldada por Ele. Seu marido vai querer estar mais ao seu lado por meio dessa doçura.

Reconhecer quem é seu marido e o que ele está fazendo – uma mulher que está ao lado do seu marido, que acredita no projeto que ele está desenvolvendo. Sara acreditou em Abraão e o seguia e lhe obedecia como seu marido e senhor. Lembre-se de que Abraão estava em processo de conhecer a Deus, ele era pagão e teve um encontro com Deus. Porém, sua transformação deu-se ao longo da sua vida, e nesse processo ele cometeu alguns erros. Talvez seu esposo já tenha aceitado a Cristo, mas suas ações ainda não estão cem por cento. Tenha paciência, ele está em processo de transformação, e isso não cabe a você, mas a Deus!

Ser uma filha de Sara – pratique o bem e não seja medrosa. Praticar o bem é fazer tudo o que é bom e correto, não fazer coisas maldosas que desagradem a Deus e ao seu cônjuge. O texto também diz que se deve ter coragem, o antônimo de ter medo. Uma mulher corajosa é valente, não tem medo do futuro, confia em Deus em todo tempo e em todas as coisas, tem a Palavra de Deus como sua âncora. Uma mulher que age dessa forma contagia seu marido a ter fé, por isso somos chamadas de filhas de Sara, que teve fé para conquistar todas as promessas.

Viva de forma adequada ao que a Bíblia ensina. Não tem segredo. Conheça as Escrituras e pratique-as, e assim seu marido e sua família estarão servindo a Deus com você em breve!

#Evangelização #Família #Oração

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now