A bênção da adoração em família



Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças.

E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Deuteronômio 6.4-7

A família é o exemplo da vida cristã. Deus criou a família para ser a figura de seu relacionamento em trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, e para refletir os atributos divinos de amor, unidade, comunhão viva e prática na sociedade.

Deus criou o homem e a mulher para, juntos, participarem de seus propósitos e terem um relacionamento de intimidade entre eles e com Ele.

O homem e a mulher, unidos por Deus pelo casamento, receberam d’Ele a função, responsabilidade, alegria e honra de multiplicarem-se sobre a terra gerando filhos.

Esse texto de Deuteronômio fala da relação familiar, começando pelos pais em amor a Deus em primeiro lugar, seguindo-se o ensino da Palavra, que está no coração dos pais, aos filhos. Na continuação do texto, no verso 20, está escrito: “Quando teu filho te perguntar no futuro, dizendo: Que significam os testemunhos, e estatutos e juízos que o Senhor nosso Deus vos ordenou?”.

Deus ensina: “Então dirás a teu filho: Éramos servos de faraó no Egito; porém o Senhor...”. Essa resposta divina me traz à mente o cântico de Moisés e o cântico de Miriam em Êxodo 15, quando os dois, como resposta, inspirados pelo livramento do Senhor, compuseram e celebraram junto ao povo e as suas famílias a vitória do Senhor! Algo para ser celebrado com os filhos, e os filhos dos filhos... cânticos como adoração e celebração da ação do Senhor Deus Jeová!

Lembro-me de quando vivi com minha família no Reino Unido trabalhando em missões. Meus filhos eram pequenos (6, 4 e meio e 3 anos) e tivemos muitas lutas no campo por vivermos um tempo de inflação galopante no Brasil, na década de 90. Era comum termos nosso tempo juntos todos os dias e orarmos e cantarmos a Deus em casa... Também me lembro bem de quando conseguíamos uma vitória em algo pelo que orávamos e recebíamos a resposta de Deus. Eles vibravam, e cada um dizia alegre e orgulhoso: “Papai, fui eu que orei e Deus me ouviu. Eu louvei a Deus e Ele me atendeu!”. Hoje eles são adultos, casados, ministros de louvor na igreja e buscam ser gratos a Deus por tudo. Tenho a bênção de ter uma família de músicos, mas isso não é imprescindível e vital para haver adoração em família.

O homem foi criado para o louvor e a glória de Deus, conforme Efésios 1. Somos herança de Deus “a fim de sermos para o louvor de sua glória”. Louvor e adoração são atributos dados ao homem por Deus. E a vida da família em adoração é não só exemplo para os que conhecem a Deus, mas também para a sociedade, carente de modelos e bases sólidas para as próximas gerações. A família em adoração é bênção de Deus e ferramenta eficaz na expansão do seu Reino!

#Adoração #Família

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now