Aprendendo a viver em paz com capacidade limitada



“Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos. Portanto, cada um de nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação.” Romanos 15.1-2 Se pudéssemos resumir a história de toda a Bíblia em uma só frase, seria esta: a Bíblia conta a história de um homem que foge e de um Deus de amor que busca e não desiste.

É lindo o amor de Deus por nós. Apesar de todos os nossos erros e limitações, ele insiste em nos buscar e fazer aliança conosco com o propósito de nos abençoar, aperfeiçoar e nos tornar mais fortes. Ele não vai descansar enquanto não cumprir em nós todos os seus sonhos.

A Palavra de Deus nos ensina que “aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo” (Filipenses 1.6). Deus trabalha com processo, Ele não nos transforma da noite para o dia, mas a cada dia vai aperfeiçoando seu caráter em nós. A cada manhã suas misericórdias se renovam e com o passar do tempo Deus vai controlando nosso temperamento, estabelecendo prioridades em nossas vontades, mudando nossa linguagem.

É interessante observar que algumas pessoas que estão orando por uma grande mudança na vida e atitudes de seus cônjuges não conseguem ver ou esperar o tempo de Deus (Eclesiastes 3.1). Querem uma mudança instantânea. Não é assim que Deus trabalha! Ele trabalha cada dia em uma área. Não podemos nos esquecer de que algumas coisas Deus não irá mudar em nosso cônjuge, nós é que teremos de mudar para poder viver em paz e amor, apesar de nossas limitações. Devemos sempre nos humilhar e permitir o trabalhar de Deus em nós.

O grande problema surge quando não aceitamos esse trabalhar de Deus em nossa vida. Queremos fugir da “escola do Espírito Santo” e fazer conforme a nossa vontade.

Lembro-me de um irmão que trabalhava como caixa em uma agência bancária e não aguentava mais ser maltratado pelos clientes. Ele tentava ser gentil, mas de nada adiantava. Levantar-se pela manhã para ir trabalhar era um grande fardo, não tinha mais paz em seu coração. Então ele tomou uma decisão radical: resolveu escrever uma placa e fixá-la no vidro do caixa com os seguintes dizeres: “Minha educação vai depender da sua”. Se alguém gritasse com ele, certamente responderia à altura. Quase que imediatamente ele ouviu a doce voz do Espírito Santo dizer: “Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens” (Romanos 12.18).

A paz com todos não é resultado de um mero desejo, e sim de atitudes como compreensão, paciência, determinação e fé. Jamais conseguiremos ter um relacionamento sadio com nosso próximo se não permitirmos que o Espírito Santo nos ensine e nos guie. Somos totalmente limitados em nossa independência de Deus quando falamos de paz e perdão.

Ninguém pode viver em paz guardando rancor no coração, pois isso nos torna fracos e sujeitos aos ataques de Satanás. Estar na “escola do Espírito Santo” faz toda diferença na maneira como nos relacionamos com Deus e com o próximo.

Quando permitimos o trabalhar de Deus em nós, Ele nos estimula a buscar a paz e lançar sobre Ele toda nossa inquietação (1 Pedro 5.7), porque Ele sabe que isso melhora em muito nossa qualidade de vida e nossos relacionamentos. Tornamo-nos maduros e fortes em Deus.

Quando nos tornamos fortes, somos como árvores plantadas junto a ribeiros de águas, que dão seu fruto na estação própria, e tudo que fizermos prosperará (Salmos 1.3). Produziremos o fruto do Espírito de uma forma natural: amor, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão e temperança (Gálatas 5.22).

Iremos contagiar outros com relacionamentos saudáveis. Estenderemos as mãos para os mais fracos, suportaremos suas fraquezas em amor, entenderemos e aceitaremos nossas diferenças, ajudaremos a serem fortes em Deus.

Creio que estes são os grandes desafios: permanecermos firmes na “escola do Espírito Santo” a fim de sermos moldados a cada dia à semelhança de Jesus Cristo, amarmos a Deus, nossa família e ao próximo.

Com a graça de Jesus e com a ajuda do Espírito Santo, apesar de nossas diferenças, estabeleceremos relacionamentos saudáveis onde o nome do Senhor será louvado.

No amor do Pai.

#Lar #Personalidade #Amor

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now