Se eu escapar dessa...



Como está sua vida? Como você tem administrado seu tempo? Quantas vezes tem adiado o cuidado com você mesmo? Você está sempre deixando para depois a realização das suas vontades?

O título deste artigo é algo que vivo com frequência no ministério pastoral. Essa é uma frase que ouço sempre no leito de hospitais, em uma UTI, em geral de homens esperando por um procedimento cirúrgico, normalmente cardíaco. Como uma promessa, dizem: “Se eu sobreviver, se eu escapar desta, serei uma pessoa melhor! Vou investir mais tempo com a minha família, com meus amigos, com meu Deus. Serei uma pessoa melhor”. Você tem ideia de quantas pessoas cumprem essas promessas? Diria quase nenhuma! Saindo do hospital, recuperando a saúde, em poucos dias retornam as suas rotinas e se esquecem de praticamente tudo o que prometeram. Nesta edição da revista Lar Cristão, o tema é “gerenciando seu tempo”. Encontramos em Eclesiastes 3.1: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”.

Como você tem administrado seu tempo? Você tem feito as escolhas corretas? Quando estou dando um curso, ministrando para casais, famílias, pergunto o seguinte: quanto tempo você reserva para ler a Bíblia? Invariavelmente, a resposta, especialmente no contexto de São Paulo, é: não tenho tempo.

Então pergunto: quanto tempo você gasta por dia em uma rede social? É constrangedora a expressão das pessoas, uma vez que elas reconhecem que passam muitas horas do dia acompanhando as redes sociais, então não se trata de falta de tempo! O que está faltando é prioridade em nossa vida, o que está faltando de fato é vontade, dar o devido valor. Mas pode ser também falta de organização. Muitos iniciam o dia, por exemplo, sem um roteiro, com muitas coisas para fazer, mas sem saber por onde começar. Algumas perguntas iniciais: quanto tempo tenho investido em oração pela minha família? Quanto tempo tenho investido com meu cônjuge? Quanto tempo tenho investido com meus filhos? Quanto tempo tenho investido com meu trabalho? Quanto tempo tenho investido com meus amigos? Quanto tempo tenho investido em lazer com minha família? Quantas vezes julgo mais importante ganhar, ter, acumular do que investir em minha família? Eu tenho uma lista de “prioridades” para minha vida e da minha família ou só para mim mesmo?

Quando pensamos em qualidade de vida, entendemos que o reino de Deus deve ser o nosso parâmetro. O equilíbrio em todas as áreas da nossa vida é o nosso desafio. Jesus afirmou: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”! Diante da Palavra do Senhor, como você tem feito as escolhas para administrar seu tempo? O que deve ser prioridade em sua vida? Como ter equilíbrio nas escolhas? Primeiro, um tempo para você! Esta é uma escolha difícil, estamos sempre prontos para atender aos outros, em especial em nosso ambiente de trabalho, talvez até pelo medo de perdermos o emprego. Mas às vezes, em nossa vida familiar, também não separamos tempo para nós mesmos. Jesus inaugurou uma nova disposição de vida quando afirmou: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”! Amar a si mesmo não se trata de egoísmo ou egocentrismo, mas entender a importância de se cuidar para você mesmo e para as pessoas que você ama. Certa ocasião, minha esposa fez a seguinte pergunta: “Marcos, você me ama?”, e na hora fiz uma linda declaração de amor, achei que seria suficiente, mas ela me disse: “Então, se cuida para mim”.

Como amar nossos filhos, nosso cônjuge, se não temos amor-próprio, se não nos cuidamos? Precisamos de um tempo para nós, seja para praticar um esporte, para aprimorar um conhecimento ou até mesmo praticar um hobby. Não fomos preparados para o lazer, fomos educados para trabalhar, falo em especial da minha geração. Você foi educado para ter um dia de folga? O que fazer com esse dia? Sabe escolher um filme? Uma peça de teatro? Férias? Você é do tipo que viaja e leva tudo com você, smartphone, tablet, notebook? Atende ao telefone o dia inteiro na praia ou no campo? Único hotel bom é aquele que tem wi-fi? Já parou para pensar que na verdade você não tem se cuidado, nem mesmo para sua família? Estou escrevendo este artigo e me coloco na mesma situação. Ele é um desafio para a minha vida!

Tome uma decisão! Nesse tempo para você, a primeira questão é elencar o que gostaria de fazer: futebol? Caratê? Leitura? Estudos? Pesca? O que lhe dá prazer? Ao identificar a atividade, lembre-se, é um tempo para você! Organize sua semana reservando um tempo para isso. Procure pessoas que possam ajudar você nessa direção. Faça um orçamento para essas práticas, pois uma desculpa para não cuidarmos de nós mesmos é que não temos dinheiro. É verdade que muitas vezes não temos dinheiro mesmo, mas geralmente é só uma questão de orçamento. Se não pode praticar toda semana, pelo menos a cada quinze dias, uma vez ao mês. Mas ainda assim você pode ir a um parque para pedalar, caminhar ou passear.

Outra ação importante para sua saúde é viajar. Crie em seu orçamento familiar uma linha para lazer e viagens. Viaje! Certa ocasião, um homem estava prestes a se aposentar e disse: “Agora vou viajar com minha esposa!”. Infelizmente, não deu tempo, pois ele acabou falecendo antes de poder usufruir de uma vida inteira de trabalho.

Um tempo prazeroso também pode ser gasto com o estudo. Estude! Escolha um bom livro. Para isso, deixe de lado o tablet, o smartphone, a TV e dedique-se a um tempo para crescimento em sua vida!

Porém, em tudo isso é preciso equilíbrio, pois existe o perigo de o seu lazer tirar você de sua família. Por exemplo, se suas viagens são só para você, se seu orçamento familiar visa só seu lazer... O mais importante é crer que nossa família é uma bênção de Deus para nós. Precisamos crescer com ela, ter alegria em família também.

É fundamental administrar o tempo, aprendermos que o dia tem 24 horas. Saber dividir esse tempo entre trabalho, estudos, lazer, descanso é algo que deve ser precedido de sabedoria. Você não precisa estar diante de um cenário de morte para iniciar uma nova disposição em sua vida. Sem ser egoísta ou egocêntrico, entenda que você tem direito a um tempo para você mesmo! Um tempo de lazer, um tempo em que poderá experimentar a alegria e o prazer que a vida lhe oferece.

E aqui faço uma menção especial: as mulheres também precisam de um tempo para elas! Maridos, filhos, ajudem sua esposa/mãe a ter um tempo para ela, nem que seja para dar uma volta em um parque ou um shopping, para que ela também reconheça que tem valor, que tem direito a um tempo para sua vida e experiência. A mulher também precisa descobrir uma forma de lazer, algo que a agrade, e isso não está necessariamente ligado a nenhuma forma de consumismo. A mulher também pode sair, ter amigas, compartilhar um tempo de alegria, de lazer, ter assuntos que não sejam só sobre marido ou filhos. Um tempo precioso para recarregar suas energias. E também é uma questão de decisão da mulher!

Então, mãos à obra! Comece um novo estilo de vida! Tome a decisão de separar um tempo para você e sua família. E não precisa ser por medo da morte, mas por amor à vida! Amor-próprio, amor pelas pessoas que fazem parte da sua vida! Vamos lá, vai valer a pena!

#Tempo #Filhos #Cônjuge

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now