• Admin

O papel do pai na área financeira



Uma vez que a escola não está cumprindo um importante papel – educar seus filhos para lidar com o dinheiro –, como você, pai, poderia ajudá-los na área financeira?

Será que a Bíblia manda fazer isso? Desde que comecei a me interessar pelo assunto de finanças na Bíblia, procurei também passar esses princípios bíblicos para minhas duas filhas de uma forma bem prática. Há vários textos bíblicos que nos estimulam a ensinar nossos filhos o que a Palavra de Deus ensina. Talvez o mais usado deles seja o de Provérbios 22.6, que diz: “Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele”.

Se eu não ensinar, o que pode acontecer? Simplesmente os filhos aprenderão o que a sociedade em geral adota como padrão: consumir para gozar a boa vida. Normalmente é um padrão equivocado e no qual a criança fica centrada em si mesma. Marcas passam a ter muita importância, principalmente para adolescentes e jovens. Aí os desejos acabam tomando o lugar das necessidades e tudo pode acontecer desde os primeiros anos de consumo.

Ensinando pelo exemplo É claro que os filhos vão prestar bastante atenção na maneira como você gasta o dinheiro e vão ser tentados a copiar seu padrão, principalmente se você for uma pessoa consumista. Se você for um pai que adota um padrão bíblico na forma como lida com o dinheiro, seu exemplo será de fundamental importância. Mas mesmo assim deve estabelecer um plano claro de ação para que os pequenos aprendam os princípios bíblicos de administração do dinheiro.

Semanada. O que é isso? Se eu falar de mesada você certamente vai saber o que é. Mas a tal da semanada, o que seria isso? Ora, uma quantia de dinheiro que você dá aos filhos para que eles aprendam a administrar. É semanal porque, para os filhos, o mês é muito longo. Por isso o período semanal é mais adequado. Eu sempre usei a semanada para ensinar a Camile e a Paula, minhas duas filhas. E eu aprendi isso com o Dr. Howard Dayton. E ele até me ensinou a dividir a semanada em três partes. Isso mesmo! Ao contrário do cofrinho único, que é usado apenas para economizar, eu vou contar para você como aprendi isso e como foi bastante eficaz no aprendizado de minhas duas filhas.

Um cofrinho para doar Exatamente! Seus filhos precisam primeiramente aprender a serem doadores generosos. Então o primeiro cofre será aquele no qual eles colocarão seus dízimos e ofertas. No domingo, eles vão levar essa quantia para a igreja e vão entregar no momento das contribuições. Isso se tornará um hábito poderoso na vida deles. Lembre-se de que o princípio é muito importante, mas quando se torna hábito, os pequenos farão isso automaticamente. E nada melhor do que fazer a coisa certa, não?

Um cofrinho para economizar Esse é o mais conhecido de todos. Alguns pais o adotam e fazem as crianças recolherem as moedinhas, que vão alimentando o cofrinho. Uma das coisas importantes a fazer nesse caso é perguntar para os filhos o que eles gostariam de comprar com o dinheiro: um brinquedo, uma camiseta… São coisas simples, mas devem exigir certo tempo para que eles adquiram a disciplina de criar reservas financeiras. Algumas semanas serão necessárias para que a quantia de dinheiro seja alcançada. Isso vai criar uma mentalidade adequada de esperar para comprar em vez de comprar logo e ficar pagando dívidas.

Um cofrinho para gastar Eles poderão usar o dinheiro e comprar um doce ou salgado. Estarão em princípio livres para gastar o dinheiro. Mas não se esqueça de que sempre deve dar uma orientação na hora de consumir. Isso porque eles podem querer comprar itens caros. Então é uma oportunidade de orientá-los a fazer comparações de preços para ver o que é melhor. Eles vão aprendendo o valor das coisas. São experiências muito legais, mesmo para as crianças.

Mas eu não tenho dinheiro! Como vou dar essa semanada? Essa parece ser uma das preocupações dos pais, mas não se preocupe. Na verdade, a semanada é o dinheiro que você já costuma entregar a eles, porém agora de forma organizada. Você vai ver que pode até mesmo economizar com a semanada. Isso porque, uma vez que você faz a coisa de maneira organizada, tudo fica mais fácil e evita os desperdícios. Então vamos lá! Comece agora mesmo e verá como não é tão difícil assim.

Levando-as ao supermercado Levar as crianças ao supermercado pode e deve ser uma experiência de aprendizado financeiro. Lembre-se sempre de levar uma lista de itens. Isso vai ficar na mente delas. É uma maneira simples e poderosa de planejar. Outra coisa que você pode fazer é ensiná-las a comparar os preços dos produtos de marcas diferentes. Por exemplo, qual manteiga vamos levar? Faça-as comparar os preços e também os produtos que são os mais adequados para a nossa saúde. E não se esqueça de comer antes de sair para fazer as compras do supermercado, senão elas vão querer comer lá. Então fique esperto.

Muito bem, pai. Seu papel é muito importante na educação financeira dos seus filhos. Se não fizer nada sobre isso, tudo vai por água abaixo. O mundo toma conta da cabeça deles. Mas ainda bem que a Bíblia tem muitos princípios que você pode aplicar e dar a eles o melhor em sua educação e transformação financeira.

#Paternidade #Finanças

  • Twitter Clean
  • w-facebook