Temos o direito de abreviar a vida?



Meu pai se suicidou! Ele deu um tiro na cabeça em seu quarto! Havia muitos anos ele vinha sofrendo de uma doença emocional e fazendo um tratamento psiquiátrico. Creio que ele era maníaco-depressivo e, não suportando mais a dor que o afligia, colocou um fim em sua vida. Nunca havia pensado que meu pai tinha praticado um tipo de eutanásia!

A eutanásia é o ato em que um indivíduo, em situação de sofrimento constante por um mal ou doença incurável, escolhe, com a ajuda de outras pessoas, cessar sua própria vida. Os que defendem a eutanásia se baseiam no direito de morrer como o princípio de autonomia. Toda pessoa tem o direito de tomar decisões acerca da própria vida.

Quem tem o direito de terminar a vida? A verdade decisiva que leva à conclusão de que Deus é contra a eutanásia é a sua soberania. Sabemos que a morte física é inevitável (Salmos 89.48; Hebreus 9.27). No entanto, só Deus é soberano sobre quando e como a morte de uma pessoa acontece. Jó testifica: “Porque eu sei que me levarás à morte e à casa do ajuntamento determinada a todos os viventes” (30.23). Em Salmos 68.20, lemos: “O nosso Deus é o Deus da salvação; e a Deus, o Senhor, pertencem os livramentos da morte”. Eclesiastes 8.8a declara: “Nenhum homem há que tenha domínio sobre o espírito, para o reter; nem tampouco tem ele poder sobre o dia da morte…”. Deus tem a palavra final sobre a morte (veja também 1 Coríntios 15.26, 54-56; Hebreus 2.9, 14-15; Apocalipse 21.4). A eutanásia é uma tentativa do homem de usurpar essa autoridade de Deus.

A morte é uma ocorrência natural. Às vezes Deus permite que uma pessoa sofra por muito tempo antes que sua morte ocorra; outras vezes, o sofrimento é encurtado. Ninguém gosta de sofrimento, mas isso não faz com que seja correto determinar que uma pessoa está pronta para morrer. Muitas vezes os propósitos de Deus são revelados por meio do sofrimento.

Deus se importa com aqueles que estão clamando que a morte venha dar um fim ao seu sofrimento. Deus dá propósito à vida até o seu fim. Só Deus sabe o que é melhor, e sua hora, até mesmo para a morte, é perfeita.

Agostinho disse: “Nenhuma pessoa deve infligir em si mesma morte voluntária, pois isso seria fugir dos sofrimentos do tempo presente para se atirar nos sofrimentos da eternidade. Nenhuma pessoa deve acabar com a própria vida a fim de obter uma vida melhor depois da morte, pois quem se mata não terá uma vida melhor depois de morrer”.

Perguntaram ao evangelista Billy Graham: “Por que tantas pessoas são contra a ideia de ajudar no suicídio de uma pessoa que tem uma doença crônica e está sem esperança de recuperação? Parece uma boa opção, e eu mesmo não ia querer continuar vivendo se estivesse nessa situação”. Graham, então com 81 anos de idade, respondeu: “O motivo principal é que foi Deus quem nos deu a vida, e só Ele tem o direito de tirá-la. A vida é um presente sagrado de Deus. Não estamos aqui simplesmente por acaso. Foi Deus quem nos colocou aqui. Assim como Ele nos colocou aqui, só Ele tem a autoridade de nos levar embora, e quando tomamos essa autoridade em nossas mãos, violentamos seus propósitos cheios de sabedoria. Não se deve destruir a vida arbitrariamente”.

Meu pai estava sofrendo muito, e se eu tivesse o conhecimento que tenho hoje, poderia ter ajudado muito mais! Dias antes de sua morte, veio um desespero tão grande que ele ficou no mato esperando morrer por várias horas. Ele voltou para casa e disse à minha mãe: “Eu vou melhorar”. Era sábado. Eu estava viajando e quando voltei, na segunda-feira, fui direto para o trabalho e recebi um telefonema: “Seu pai morreu!”. Ele não suportou a dor e decidiu encerrar a sua vida! Mas sei que ele não tinha condições emocionais para decidir!

Na verdade, o assunto é bem complexo e há casos em que alguns oram e pedem a Deus que abrevie a vida de uma pessoa, principalmente pessoas bem idosas! Mas ainda assim é Deus quem irá decidir!

Nós temos que, por princípio, lutar sempre pela vida e ajudar aqueles que, por uma doença, dor ou aflição, querem desistir! Meu pai partiu, mas sei que muitos pais, mães e filhos podem, com a ajuda de Deus, enfrentar suas doenças, dores e aflições e sobreviverem!

#Terceiraidade

  • Twitter Clean
  • w-facebook
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now