• Admin

As vantagens de um curso pré-nupcial



Antes de darmos continuidade, vale a pena ressaltar a importância e as vantagens de um curso pré-nupcial. A experiência diária de pastores e conselheiros reforça a necessidade de uma preparação sólida para a vida a dois.

Veja comigo algumas das inegáveis vantagens de oferecer um curso pré-nupcial:

1. Demonstra a importância que a igreja dá aos jovens e às famílias. Além disso, é um grande testemunho para os outros jovens que sonham em se casar um dia. Eles reconhecerão a seriedade dos compromissos e serão encorajados a se preparar bem para esse relacionamento. 2. É uma ótima oportunidade a pastores e conselheiros de conhecer os noivos da igreja e fazer uma boa amizade com eles, e, depois do casamento, continuar a acompanhá-los no aconselhamento, se for necessário. 3. É um meio de evangelizar aqueles que, durante o curso pré-nupcial, reconhecerem que não são convertidos. 4. Traz à tona problemas na vida dos noivos que podem ser tratados antes do casamento, poupando-os de muitas dores ou tristezas no futuro. Ele trata de áreas como expectativas irreais, relacionamento com sogros, como lidar com as finanças, relação sexual etc. Os noivos podem ter ideias erradas, preconceitos ou tabus. O curso, portanto, visa fornecer o ponto de vista bíblico, ajudando a corrigir esses erros. 5. É uma oportunidade de doutrinar os noivos nos conceitos bíblicos sobre a família. 6. Auxilia os noivos a avaliar seu relacionamento. Às vezes, ele os ajuda a descobrir que não devem se casar ou que devem esperar mais tempo, porque não têm maturidade emocional suficiente para dar este passo.

OBERVAÇÕES PARA O PASTOR

1. O pastor deve estar convencido de que esse é um ministério prioritário e estabelecer o princípio de que não realizará nenhum casamento sem que primeiramente os noivos tenham feito o curso. 2. Ele deve conversar com a liderança de sua igreja, diáconos, presbíteros, anciões etc., sobre a importância do curso, compartilhando o conteúdo e pedindo todo o apoio da parte deles. 3. O pastor não deve prometer que realizará o casamento simplesmente porque os noivos fizeram o curso com ele. Em alguns casos, ele perceberá que o casal não deve casar ou que ainda deve esperar. 4. O pastor deve avisar a igreja sobre o conteúdo do curso e especialmente sobre a duração, pois será necessário pelo menos dois ou três meses para completá-lo. O casal precisa estar ciente de que, uma vez noivos, devem imediatamente entrar em contato com o pastor e estabelecer a data dos encontros. 5. O processo de educar os membros da igreja sobre a importância da família e do curso pré-nupcial deve ser constante, usando-se todos os meios de comunicação que a igreja possui, como pregação, ensino, pequenos grupos, boletim das atividades da igreja, quadro de anúncios etc. 6. O curso está dividido em oito sessões de uma hora e meia cada uma. O pastor ou conselheiro deve combinar com os noivos quando e onde será melhor se reunir. O gabinete pastoral, na maioria dos casos, é o melhor lugar. Se for possível, durante o expediente do pastor. 7. Reconhecendo que o tempo do pastor é bem limitado, talvez uma solução seja treinar alguns casais-chave na igreja, que tenham famílias bem-equilibradas, para ministrarem o curso para os noivos.

Extraído do livro Antes de dizer sim, de Jaime Kemp (Editora Ágape).

#Noivado

  • Twitter Clean
  • w-facebook