Super-Homem e Mulher- Maravilha não existem

Quando uma pessoa se compromete a suprir a necessidade do seu cônjuge, seja qual for a situação, isto não significa que ela se torna um Super-Homem ou uma Mulher-Maravilha plenamente apta a suprir todas as carências do outro.


Atualmente, os homens e as mulheres encaram felicidade, autorrealização, a valorização do seu potencial e o preenchimento de todas as suas carências emocionais como o alvo principal de seus casamentos. Se a pessoa que escolheram não corresponder a essas expectativas, o divórcio é totalmente justificável e suas consequências minimizadas a favor da premência pessoal.

LEIA MAIS

EDIÇÃO 168 - MAIO/JUNHO 2019

Nenhum ser humano é capaz de satisfazer plenamente outro. Há expectativas no casamento que serão satisfeitas, outras darão um pouco mais de trabalho e exigirão mais tempo e outras não serão realizadas. 


Segundo a Palavra de Deus, nosso inimigo milenar, Satanás, vem para “roubar, matar e destruir” (João 10.10). Ele está sempre atento a qualquer vulnerabilidade na célula familiar para se instalar e destruí-la com suas armadilhas, enganos, sugestões, tentações e insinuações.


O homem e a mulher devem sempre perguntar-se: será que isso que vou fazer, dizer ou pensar vai unir ou separar minha família?


No aconselhamento familiar, meu objetivo não se limita a procurar salvar os casamentos que estão se precipitando ao fim. Eu também me preocupo em desenvolver o que chamo de “medicina preventiva”, isto é, tento ajudar os casais a construírem um relacionamento que possa proteger e alicerçar a relação conjugal e familiar. Para que isso aconteça é fundamental que conheçam suas mútuas necessidades básicas, a de seus filhos e procurem desenvolver uma maneira de satisfazê-las.


Vejo como um problema fundamental das famílias a exacerbação do egoísmo, que aciona o gatilho da busca persistente pela realização pessoal, pelo prazer individual e pela obsessão na busca por bens materiais.


Na Palavra de Deus estão revelados todos os ensinamentos de Deus sobre a família. Ela descortina os princípios divinos eternos sobre como viver em paz e harmonia, as qualidades e características que uma família deve ter e como ela pode enfrentar e corrigir as dificuldades ou erros no caminho do crescimento.


Penso que a família, como célula básica da sociedade, merece todo nosso cuidado e atenção, principalmente diante de tantos golpes que têm sido desferidos contra ela. Espero que durante a leitura desta edição você relembre a importância que Deus dá à família, sua “menina dos olhos”, e valorize e aproveite ainda mais esta bênção que Deus nos oferece.  

Boa e proveitosa leitura!

  JAIME KEMP  

Sexo antes do casamento: 
por que esperar

Pessoas solteiras de igrejas evangélicas afirmam manter vida sexual ativa, sem nenhum problema nem drama de consciência. Afinal, o que a Bíblia diz sobre a possibilidade de praticarmos o sexo antes do casamento?

 Sergio Leoto 

gift-habeshaw-460849-unsplash.jpg
brooke-cagle-170054-unsplash.jpg

Diferença ou divórcio?

O que é ser uma família diferente? Seguir o que a sociedade determina ou ser o inverso de uma sociedade em transformação? Construir a verdade destruindo absolutos?Parece-me que ser família hoje é se reinventar, desconstruir, reconstruir e ressignificar.  

 Luiz Henrique de Paula 

Casamento sem compromisso não dá certo
   
Jaime Kemp​

Intimidade, como?
    
Marcos Garcia

 

Expectativas irreais
    Giovani e Elisabeth Zimmermann

 

Papéis do marido e da esposa
    Alcindo Almeida

 

Dinheiro no lar, conflito ou sucesso
 
   Paulo de Tarso

 

Solidão, a mais cruel das companhias
    
Edson Camilo

 

Intimidade sexual no casamento
    Carlos Tadeu Grzybowski

 

Enlaçados pelo amor
    Arlete Castro

 

O que é ter um casamento controlado pelo Espírito Santo?
    Nelson Domingues

Eu sei que vou te amar por toda a minha vida!
    Tânia Cecília

Fique por dentro

  • Twitter Clean
  • w-facebook