EDIÇÃO 149 - MARÇO/ABRIL 2016

LEIA MAIS

 Um privilégio e uma missão 

 ano 30  |  n.º 149

Ser pai: uma missão muito além

de especial
Jaime Kemp

Meu filho, meu discípulo
Carlos Alberto Bezerra

Deus pai, modelo de paternidade
Adriel de Souza Maia

 

Seu filho precisa de disciplina
Thomas Peter Hahn

 

Elogio: ferramenta para o desenvolvimento
Luiz Henrique de Paula

Filhos precisam de amor incondicional
Magno Paganelli

O papel do pai na área financeira
Paulo de Tarso

Seu filho precisa de aceitação
Alcindo Almeida

Seu filho precisa de significado
Salovi Bernardo Junior

Uma casa ou um lar?
Judith Kemp

Gerando filhos para Deus
Adhemar de Campos

Semelhante a uma esponja
Marco Antonio Thomazi

Esta edição da Revista Lar Cristão traz novamente um tema extremamente relevante ao momento atual. Não é novidade: o mundo está em polvorosa. A cada dia, diversos e variados acontecimentos nos deixam mais perplexos, confusos e temerosos. É o estado islâmico aterrorizando com sua crueldade, o terrorismo também fazendo muitas vítimas, a guerra na Síria, que já perdura há cinco anos e continua matando milhares e milhares de pessoas, a próxima eleição americana, cujo resultado pode interferir no desenvolvimento futuro do resto do mundo, a crise política, econômica e social no Brasil, a recessão e o desemprego atingindo as famílias, o mosquito aedes aegpty causando uma séria e triste epidemia de consequências trágicas... e então, em meio a todos esses problemas e incertezas, uma nova vida chega a um lar. 


A chegada de uma criança traz muita alegria, a ponto de esquecermos por algum tempo a confusão preocupante em que vivemos nesta sociedade. Porém, logo os pais começam a pensar em como proporcionar o melhor para esse filho e como prepará-lo adequadamente e fortalecê-lo para viver neste mundo.


Educar filhos não é brincadeira. É um grande desafio. Como podemos ensinar valores morais, espirituais aos nossos filhos, já que vivemos numa sociedade quase inteiramente falida, afastada do Senhor e dos valores eternos? 


Pai, você precisa estar consciente de que o Senhor depositou em suas mãos, em confiança, um ser valioso para Ele, porém ainda imaturo. Ele conta com você para que, com amor, bom senso, esforço, dedicação, equilíbrio, carinho e dependendo do Seu direcionamento, oriente essa criança na difícil caminhada até se tornar um adulto.


Mesmo que tudo mude e passe ao seu redor, uma coisa nunca vai mudar: a necessidade de seu filho realmente ter um pai ao seu lado. Pense nisso.


Sei que ninguém mais do que você deseja o melhor para seu filho. Eu espero que as próximas páginas possam enriquecê-lo ainda mais para cumprir sua esplêndida tarefa. 


Boa leitura e muitas alegrias futuras.   

Jaime Kemp

  • Twitter Clean
  • w-facebook