EDIÇÃO 162 - MAIO/JUNHO 2018

Lidando biblicamente com a submissão da mulher

Eu creio que a Bíblia é sábia e muito atual. Ela nos traz diversos temas que envolvem o nosso cotidiano, e um deles é a questão da submissão. Mas o que isso realmente significa? Ela envolve aceitar ordens/obrigação de obedecer (leis), mas na realidade é adequar-se aos planos e interesses de outrem. O apóstolo Pedro exorta os mais jovens a serem submissos aos mais velhos (1 Pedro 5.5); Paulo, a mulher a ser submissa ao esposo (Efésios 5.22); e Lucas declara que Jesus era submisso aos seus pais (2.51).

LEIA MAIS

NA Bíblia tem muitos exemplos que tratam de submissão, mas sempre que se fala desse assunto, a primeira coisa que se pensa é: “mulheres, sejam submissas aos seus maridos”, e infelizmente caímos nas ciladas do inimigo retrucando e tentando defender posicionamentos feministas. Eu confesso que sou uma delas. Mas também sou uma mulher/esposa que se adapta aos interesses de meu esposo. Em nossa caminhada de vida, tivemos de tomar decisões que envolviam a nossa vida individual, mas era necessário decidir juntos por um bem maior. Ser submissa não é se sujeitar à tirania abusiva ou cega, mas é usar de inteligência para gerar ordem na vida pessoal, no matrimônio, etc. 


Submissão é uma escolha. Todos nós, de alguma forma, estamos submissos uns aos outros. Afinal, somos todos submissos a Cristo, que é o cabeça do corpo. Temos de reconhecer a liderança e a individualidade de cada um. Há momentos em que eu tomo a frente em algumas questões e outros em que meu esposo toma a frente, e isso não gera inferioridade, apenas organiza o nosso cotidiano e gera um ambiente saudável. 


Como mulheres, precisamos entender que a submissão se aplica a todos que creem em Deus: “… sujeitando-vos uns aos outros…” (Efésios 5.21). Nós nos submetemos a tantas coisas, como moda, padrão de beleza, que ditam normas e regras que nos escravizam, no entanto, quando se refere à vida relacional com esposo, pais, chefes, mundo, esbravejamos. 


Voltando à Palavra de Deus, o nosso melhor e maior exemplo de submissão foi e é Jesus Cristo. Ele foi submisso na infância, foi submisso a sua missão, mesmo em meio à agonia da luta da sua carne com seu espírito em fazer a vontade do Pai, foi fiel até o fim por amor a mim e a você. Então, repito, submissão é uma escolha consciente de fazer o que é melhor para o outro. Não é fácil, mas é uma atitude que pode mudar tudo à nossa volta. 


Estamos vivendo um tempo em que todos desejam ser atendidos imediatamente e do seu jeito, porque não estamos praticando a submissão em nossa casa. Quando, em nosso lar, todos se submetem, criamos um ambiente favorável para que a tolerância e a humildade ganhem força e transbordem para fora do nosso núcleo familiar. Somos chamados e recebemos uma ordem bíblica de sermos submissos uns aos outros. Nosso desafio é não deixar de usufruirmos do privilégio de sermos mulheres criadas à imagem e semelhança de Deus, de buscarmos o nosso espaço como cidadãs deste mundo e vivermos de forma digna de discípulas de Cristo. Deus abençoe sua vida!

 IVANA GARCIA 

A proposta de Deus aos casais: pense mais nela/e do que em você

A carta do apóstolo Paulo aos efésios ressalta as diferentes funções do marido e da esposa no casamento. Essas funções não significam superioridade de um sobre o outro. O próprio apóstolo afirma que, em Cristo, homem e mulher são iguais. 

Jaime Kemp

Convivendo com as diferenças de papéis, personalidades e comportamentos

Precisamos convir que é impossível admitir que “pensamos da mesma maneira”, “somos iguais”, “estamos sempre afinados”, “nossos gostos são os mesmos”, entre outras expressões que ouvimos quando se trata da questão conjugal.

Adriel Maia

Não foi assim que imaginei
Jaime Kemp

Como seria o ambiente familiar se o marido amasse sua esposa como Cristo amou sua igreja?
Paulo Klawa 

Esposas e esposos, servos um do outro
Nelson Campos

Como os papéis de marido e esposa podem impactar os filhos?
Luiz Henrique de Paula

Que objetivos educacionais a Educação Cristã deve procurar desenvolver?
Gildásio J. B. dos Reis
 
Qual a verdadeira importância de encontrar uma esposa?

Lisânias Moura

Qual é a responsabilidade principal da esposa com o marido?    
Lucia Thomazi

Qual é a responsabilidade principal do marido com a esposa?    
Carlos Catito

A família na UTI
Estevam Fernandes

Reaprendendo a sonhar
Sísera Oliveira

 Artigos 

Linguagens do amor
Igor Vilcinkas

A família nas mãos de Deus
Elthom Sá

Adoração em família
Ronaldo Bezerra

Comunicação & ação
Fernando de Paula

Pais e filhos, amigos para sempre
Gerson Ortega

Vida conjugal
Ivonildo Teixeira

  • Twitter Clean
  • w-facebook